PRODUTOS DE TORRE DE MONCORVO E MIRANDA DO DOURO FORAM CANDIDATADAS AO CONCURSO 7 MARAVILHAS DOCES DE PORTUGAL

A candidatura da amêndoa de Torre de Moncorvo, foi feita ao programa da RTP1 pelo presidente da câmara de Torre de Moncorvo, Nuno Gonçalves que pretende que esta candidatura seja supra municipal. “A amêndoa coberta já foi aceite como uma das nomeadas e eu espero que ganhe. É uma candidatura que foi realizada pela Associação de Desenvolvimento do Douro Superior. O que eu pretendo é que esta candidatura seja supra-municipal”, disse o autarca.

A Bola Doce de Miranda Douro foi candidatada ao concurso, porque “recebeu 907 candidaturas na totalidade e só na categoria “Doces de Território” foi a que contou com mais inscrições, num total de 246 candidaturas”, de acordo com a organização. A candidatura da Bola Doce, um ex-libris de Miranda do Douro, foi realizada pela Squesito, uma loja de produtos regionais, fundada em 2017. A bola doce tem sabor intenso a canela e a sua massa é semelhante à do folar mas mais fina, é intercalada com camadas de recheio de açúcar e canela.

Para os empresários de produtos da região onde está localizado o AECT Duero-Douro, pode se benificiar do Projeto Douro Export, que tem como objetivo, ajudar a aumentar suas exportações através das vendas.

O concurso vai ter 7 categorias diferentes e a gala final decorre no dia 7 de Setembro.

Escrito por Brigantia e editado na AECT Duero-Douro

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *