OS VINHOS DA BEIRA INTERIOR, GANHARAM UM NOVO PALCO COM A VANGUARDISTA, SEDE DA COMISSÃO VITIVINÍCOLA REGIONAL

Foi construído na zona histórica de Guarda a nova sede da Comissão Vitivinícola Regional (CVRBI). O edifício foi inaugurado dia 25 de Abril pelo arquitecto Jorge Palma e o ministro da Agricultura.

O edifício ficou denominado como o Solar dos Vinhos da Beira Interior e tem como objectivo centralizar todos os serviços da CVRBI. O valor do investimento, ficou em cerca de meio milhão de euros, sendo patrocinado através de um protocolo entre a autarquia, e a Comissão Vitivinícola.

O projecto é um presente para os vinhos da Beira Interior, que nesse empreendimento pode alavanca o sector a promoção e afirmação, salientou João Carvalho, presidente CVRBI. No seu discurso o também produtor da Quinta dos Termos, relembrou a evolução do sector, que tinha 15 produtores no início e agora conta com 60. Actualmente a Beira Interior conta com 16 mil hectares de vinha e produz mais de 100 milhões de litros por ano, que gera cerca de 500 milhões de euros. A região tem atualmente16 mil hectares de vinha e produz mais de 100 milhões de litros de vinho por ano, que geram cerca de 500 milhões de euros, e está dentro da área de actuação do PROJECTO DOURO EXPORT, promovido pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial.

O presidente da CVRBI destacou que pretende tornar a viticultura a principal actividade económica agrícola da Beira Interior e prometeu continuar a apostar na participação em certames nacionais e estrangeiros. João Carvalho anunciou ainda que o próximo projecto é criar a Rota dos Vinhos e Enoturismo da Beira Interior e agradeceu o empenho de Álvaro Amaro na construção da nova sede da CVRBI, sublinhando que sem o autarca guardense esta obra não existiria.

Imagem Jornal O Interior.

Escrito por O Interior e editado na AECT Duero Douro.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *